Mensagem de George Carlin para você !

dezembro 31, 2009

Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde,
acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV
demais e raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos
freqüentemente.

Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos
à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a
rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas
não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo,
mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos
menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais
informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos
comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do ‘fast-food’ e da digestão lenta;
do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e
relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas
chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral
descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das
pílulas ‘mágicas’.

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na
dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te
permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar
‘delete’.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas
não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,
pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer ‘eu te amo’ à sua companheira(o)
e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame…
se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor,
quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua Família e as pessoas que estão ao
seu lado, sempre

FELIZ ANO NOVO!!!

Anúncios

Incertezas …

agosto 30, 2009

Se me encontrar perto de um rio
é porque estou a conversar com o meu ego
Se me encontrar em uma cachoeira
é porque estou a enfrentar meu medo
A água é transformadora
união de moléculas que mudam sua estrutura
Ela limpa, revigora e mata a nossa sede
Tamanha é a minha sede
que o oceano não é capaz de  saciar
Sede de verdades
Sede de respostas
Água gerou vida
e o humano gerou incertezas
Conseqüências de uma natureza sábia
que só o Homem não soube herdar
Assim como correm as correntezas
procurando o deleite de um rio
Temos que buscar nossas respostas
encontrar nossa certeza
Uma nascente é tão límpida
assim como a nossa própria essência
Poluímos ela no decorrer de nossas vidas
E esquecemos do real valor
Nosso principio é limpo, é bom, é ingênuo…
Não podemos nos levar pela vaidade alheia
devemos agir e seguir pelo lado correto
Pois sempre encontraremos semelhantes
Enquanto o lixo insiste em nos impregnar
impedindo de seguirmos o nosso caminho
Mostramos que temos força e debatemos os nossos medos
Não existe obstáculos que possamos passar
A água esfria nosso corpo
mas aquece a nossa alma
Ela é essencial para vida …

Por Fábio Santos

Off Topic

Olá Pessoal ! Quanto tempo não ?! Estou muito ocupado, mas pode deixar que manterei as atualizações no blog (estou me programando para isso). Assistindo milhões de filmes, a a minha nova “mania” agora são trilhas sonoras !!!
Muito obrigado pelos acessos (que mesmo sem atualizações permanecem constantes). Agora você podem me seguir no Twitter (é isso mesmo, @fabio_santos está no twitter).

Como de praxe, este texto não deve ser copiado nem alterado sem a previa do autor.


Passáros ao vento

fevereiro 9, 2009

Será que você não consegue ver,
Será que é tão díficil de entender.
Sou uma pessoa no qual sempre é exigido uma perfeição
Mas não sou perfeito,
E talvez nos detalhes mais simples.

Faço de tudo para ser alguém melhor,
Conheço minhas limitações e passo por cima delas.
Procuro acreditar no que os meus olhos veêm e também no que o meu coração sente,
Busco verdades para aniquilar a mentira,
Aprendi que evoluir é compreender a vida.

Não gosto de máscaras,
pois máscaras caem ao chão.
Admiro e contemplo a sinceridade,
contemplo as palavras bem – ditas.

Palavras são como pássaros ao vento,
elas voão, voãm mas sempre voltam.
Tudo de ofensivo que você jogar ao ar,
retornará e ferirá profundamente.

Não sei o que há acima do céu,
mas também não sei o que há abaixo da terra.
Sei que o sentimento pleno chamado de amor existe,
E este sentimento está acima de qualquer véu.

Palavras são mensagens ocultas,
pois sempre dizem mais do que parecem.
Podem unir pessoas,
Assim como separar pessoas.

Palavras podem te engrandecer devido aos seus méritos,
Palavras podem te diminuir até seu ego assemelhar-se com um verme.
Deve haver muita sabedoria ao proferir palavras ao próximo,
lembre-se que os pássaros sempre voltam.

A evolução humana está no controle emocional,
está no cuidado para com o próximo.
Cuidar das suas emoções não é proferir ofensas,
Cuidar de alguem é cuidar primeiro de suas próprias atitudes

…E soltar os passáros ao vento com plena consciência.

Por Fábio Santos
(Texto de autoria do autor acima citado, portando é probida a cópia e exibição sem a permissão do autor)

 Música do/para o momento:

That I Would Be Good – Alanis Morissette
“That I would be good even if I did nothing
That I would be good even if I got the thumbs down…”

Off Topic

Momento de extrema reflexão, revendo conceitos e valores, pensando na  vida e no processo evolutivo.
Agradeço á todos que acessam o Fábio Santos, e é muito gratificante ler cada um dos comentários postados.
É muito bom aprender com meus amigos e amigas “blogueiros”, e que na blogosfera também existe amigos e colegas !!!
Trocar aprendizado é favorecer a humanidade !!!!

Uma ótima semana á vocês.
Como a grande Eliara Santos diz;

“Obrigado pela audiência”.