Limites ? Qual é o seu ???

novembro 28, 2008

Sonhos ? Limite ? Objetivos ? Seja como como você queira chamar, mas todos devem traçar algo para sua vida, pois é na objetividade que conseguimos forças para tal ato.
Sonhar pode ser muito prazeroso, mas quando você move forças para alcançar este sonho, mais breve será a conquista, mas espera lá ??? Também não queira sonhar com os números da loteria federal, ou que ganhe “aquele” carro da noite para o dia !!!
E também quero enfatizar sobre amizades, e deixar bem claro que amigos são aqueles que reconhecem seus erros, e que fazem uso do passado para crescer e ser alguém melhor no futuro, valorizem os amigos que você tem, e saiba que são poucos aqueles que são realmente amigos, a maioria são “instantâneos”, e todos sabem o que estou querendo dizer.

Férias acabando, mas estou com saudades de trabalhar, trabalho enobrece o Homem.
Juh, te amamos muito !

Para finalizar, pensem no limite que os seus sonhos (enquanto segue até o final da imagem).
Um ótimo fim de semana á todos.

(imagem removida para otimizar a navegação)


Você têm princípios ?

novembro 6, 2008

   O dias passam devagar, mas ás vezes me deparo em frente ao espelho e percebo o quanto o tempo já passou ! Você já parou para pensar sobre quantas coisas mudaram em sua vida ? Percebeu como as crianças cresceram ? Perceberam que a cidade está mais “cheia” ? Percebeu que você não é mais o mesmo ?
   Anos passam e anos vem, e antes o que era uma confraternização de fim de ano com a família; só é memória agora, lembranças do frescor de uma vida sem compromisso, sem as responsábilidades que a vida exige. Me lembro como se fosse ontem, as músicas tocadas, as refeições, ás brincadeiras que não vemos mais, adorava brincar de “polícia, detetive e ladrão”, “pega-vareta”, mímicas, entre outras coisas de criança feliz. Passavamos a manhã na escola, admiravamos os adultos (ás vezes queriamos até imitá-los), chegavamos em casa e era brincadeira o dia inteiro. Lembro até mesmo dos programas da época (com a qualidade extinta da televisão aberta), tinhamos “Rá-tin-Bum”, “Castelo Rá-tin-bum”, “Glub-Glub”,”Familia Dinossauro”, o meu desenho preferido “Scooby-Doo”, “X-tudo”, “O mundo de Beackman”, e muito e muitos outros.
    E comparando o passado que tenho medo do futuro, já não se vê crianças brincando de forma natural e sem compromisso, o que vejo são meninas “querendo ser mulher”, garotos que já mostram sinal de machismo e “competição antecipada”. E tudo isso a troco de quê ? Crianças estão tendo suas infâncias roubadas, a cidade cresceu, todos estão trabalhando cada vez mais (o custo de vida está cada vez mais alto), e como consequência vemos crianças sendo educadas pela televisão, ou então pela internet (o que ainda mais pior, devido a facilidade de acesso á materiais impróprios).
    Temos que lutar para oferecer uma vida melhor para quem amamos, a vida abrange aqueles que á acompanham, mas não devemos esquecer nossos príncipios, pois a nossa vida deve ter “regras”, temos que impor “limites”, sendo assim preservamos a essência do verdadeiro amor acessa, pois quanto mais passa o tempo, mais esta chama ameaça apagar. Se você buscar respostas para sua vida, você terá, mas primeiro deve procurar, não se limite á pensar, a resgatar seus princípios, e também para vivê-lo itensamente. Ame e cuide de que você ama como se fosse um cristal, lapidando com extrema cautela, pois qualquer risco pode se tornar uma cicatriz. Comece a refletir sobre o futuro, planeje sua vida, traçe objetivos, tudo o que é feito com amor é válido para preparar o seu futuro. Faça do momento que você tem disponível, um momento único, se reserve para ler, debater, amar, assistir um bom filme, entre muitas outras coisas agradáveis que você possa fazer. Cuidado com as palavras que você diz hoje, ela não serão boas lembranças, e também não serão favoráveis no futuro, cuidados com a programação venenosa que estamos vivenciando com a televisão brasileira, se preoculpe com a qualidade das informações que você está permitindo entrar em sua casa.

Viva com intensidade, viva com amor, não se limite ao querer o bem daquele que você tanto  ama.

Por Fábio Santos