Um exercício de compreensão

fevereiro 3, 2010



Minha mensagem será Criança encontrada após o desastre do Haiti
Não tenho mais saliva para falar.
Às vezes me falta a paciência,
Temos que encontrar forças para lutar.
Abrir os olhos para ver,
E não fingir enxergar.
Tocar e sentir,
E não fingir se incomodar.


Relacionamentos estão se desgastando,
Os valores morais se decepando.
Onde está a solidariedade humana,
Eu continuo procurando.
Estamos cada vez nos ocupando mais,
A cobiça está tomando conta de si.
Do que adianta construir castelos,
Sendo que a qualquer momento pode ruir.


Quando a matéria ficar abaixo de tudo,
O que sua alma irá carregar?
Quando o castelo ruir,
Quem irá lhe levantar?
Somos todos como um,
Então porque queremos ser mais que os outros?
Qual a razão de ter o melhor pedaço de concreto,
e ter uma vida vazia sem ninguém por perto?


Estender á mão aos que necessitam,
Não precisa estar com moedas de ouro.
Ajudar sem olhar a quem,
Doar palavras de conforto.
Abraçar sem ser quando ganhar presentes,
Descobrir o amor em seu real significado.
Querer compreender para não errar,
Aprender á ser solidário.


Por Fábio Santos 3/2/2010 20:06:25

Off Topic

Olá pessoal,

Hoje estou reflexivo em relação á solidariedade! Pois a cada dia percebo o quão distante está o Homem dos seus valores, não há mais a preocupação moral, e só se falam sobre coisas que não agregam nenhum beneficio para a sociedade. O mundo esta um caos, pois a natureza é a fonte de vida do ser humano desde o principio, até porque, se não fosse ela a vida não seria possível em nosso Planeta que se chama Terra, e abriga tantas iniqüidades. O que mais me impressiona, e que as pessoas estão expostas em meio a tanta coisa errada, mas fingem não ver, não vejo manifestação, sentimentos, “SOLIDARIEDADE”. Não menciono o fato de dar dinheiro (esmola), mas oferecer uma palavra de consolo, e principalmente “ATENÇÃO” a atitude mais simples e mais ignorada. E o problema se estende a qualquer classe, gênero, cor, etnia, etc. Sendo que somos todos iguais em essência, só temos características diferentes, condições diferente, mas em sumo partimos de um mesmo principio, mas com o tempo nos distanciamos para valores errôneos.

Até a próxima, e não se esqueçam @fabio_santos no Twitter.

Anúncios

Mensagem de George Carlin para você !

dezembro 31, 2009

Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde,
acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV
demais e raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos
freqüentemente.

Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos
à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a
rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas
não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo,
mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos
menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais
informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos
comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do ‘fast-food’ e da digestão lenta;
do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e
relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas
chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral
descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das
pílulas ‘mágicas’.

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na
dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te
permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar
‘delete’.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas
não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,
pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer ‘eu te amo’ à sua companheira(o)
e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame…
se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor,
quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua Família e as pessoas que estão ao
seu lado, sempre

FELIZ ANO NOVO!!!