Reflexão sobre Amor

julho 26, 2008

Ontem estava eu me questionando sobre o amor, e segui a seguinte constatação:
Amor é sentimento que se conquista, ao inverso disto eu chamaria somente de paixão.
Amor é construir bases para o futuro, se não seria uma perda de tempo.
Amor é confiar, como pode amar porém não confiar ?
Amor é elevar as qualidades dos defeitos, mas ao mesmo tempo reconhecer os defeitos e oferecer total compreenção.
É como a curiosidade que a palestrante Celia Nascimento disse ; “O homem e a mulher têm maneiras diferentes de lidar com determinadas situações, quando as mulheres estão extressada, com a alto-estima baixa, ou até mesmo depressão, a tendência é se dirigir a outra amiga e “fofocar”, elas falam sem parar !!! Já os homens são completamente diferentes, pois eles se isolam, e por este motivo acabam entrando em atrito…” Por isso deve ser estabelecido a compreenção e o respeito.
É interessante notar estas diferenças, tudo nesta natureza esta em sua dualidade, mas são dualidades que se completam, o dia precisa da noite, o macho precisa da fêmea, todos nós precisamos uns dos outros, e por este motivo é que devemos desencadear um “entendimento entre as espécies” e por que não em nossos sentimentos também.
Sempre agradeço pela oportunidade de conhecer pessoas que me motivam á pensar, a buscar soluções, pois tanto no meu lado profissional e até mesmo pessoal, eu primeiro busco as respostas para depois perguntar ! Amor é respeitar, é sentir, é vibrar, é ajudar, e principalmente crescer. A fruta quando amadurece cai da árvore, sendo assim algum animal irá consumir, e através das fezes ou mesmo dos restos irá brotar uma árvore que gerará outros frutos, uma lei contínua. O amor também é assim, ele amadurece, e depois de passar pela “Época do Atrito” (época no qual conhecemos a nossa metade, época que estabelecemos os motivos de uma vida junta…), todos nós temos a capacidade de amar, mas para amar você deve se desenvolver, e para se desenvolver você deve querer, é para querer você tem que se mover, para tornar seus desejos possíveis.
Temos que amar para sermos amados, essa é a lei do retorno, que é agregada a cada momento em que piscamos, e em um piscar de olhos muitas coisas podem acontecer. Enfim, amor é uma palavra que não tem explicação, pois seu conhecimento é muito além da mente limitada do ser humano, mas que sabemos por definição, que a energia que nos rege.

Lembre-se, todos somos aptos á amar e sermos amados, é só querer…

Por Fábio Santos

Este texto é de autoria do autor citado acima, jamais deve ser publicado sem a prévia do mesmo.