Despertando do coma ,Carlos Pereira

março 31, 2010

Terry Wallis foi notícia no mundo inteiro porque abriu os olhos novamente depois de dezenove anos em estado de coma após sofrer um acidente de carro, nos Estados Unidos. Fato raro, segundo a Medicina, uma vez que a freqüência comum de reavivamento é de três meses. Terry acordou do longo sono bastante humorado. Primeiro falou com a mãe, depois pediu a terapeuta para fazer amor com ele. Outro caso interessante ocorreu com Patricia White Bull, uma bailarina que durante o parto de seu quarto filho desacordou para somente recobrar a consciência dezesseis anos depois, exatamente no natal de 1999. Embora a ciência tenha avançado bastante sobre o mecanismo de funcionamento do cérebro, especialmente nesta última década, não conseguiu desvendar o mistério para casos como estes de Terry Wallis e Patricia Bull. Não conseguiu porque ainda não levou em consideração a tese do princípio espiritual que anima cada ser vivente.

O ser humano não é tão-somente um animal racional, é, sobretudo, um ser espiritual que recebe um corpo de carne para passar por experiências de aprendizado no planeta Terra.  Para ligar o espírito ao corpo físico existe um corpo específico, semimaterial, que encontra várias denominações como corpo bioplasmático, perispírito, corpo astral etc. A morte somente acontece quando as ligações do corpo físico com este corpo espiritual se efetiva. Um paciente em estado de coma mantém estes laços de vitalidade sem tempo determinado para desligamento. Por isso, a terminologia mais adequada para configurar este fenômeno seria a desencarnação, isto é, a ação de saída do corpo de carne. A miopia científica, porém, para as questões espirituais, faz atrasar os avanços necessários para o tratamento integral do ser humano.

Um paciente, em estado de coma, está presente no local onde seu corpo fica paralisado, presenciando o que ocorre ao seu redor ou em qualquer lugar, a semelhança do que atestam as pessoas que passaram por experiências de quase-morte. Se familiares, amigos ou médicos conversarem com o paciente podem ter a certeza que ele terá condições de ouvir e ver, sem, contudo, ter a capacidade de dar a resposta. Pode até aparecer normalmente em sonhos, pois quem está aprisionado na cama é o corpo e não o espírito. Mas, qual a razão para alguém passar tanto tempo ausente do mundo? Pode-se afirmar que cada caso é um caso, e compreendendo a Lei Divina como perfeita, é certo que aquela experiência deva servir de resgate de débitos cármicos provocados por ele noutras vidas.

O desaviso sobre a realidade espiritual pode, também, nos casos de coma profundo por longo período, levar ao raciocínio de abreviação dos sofrimentos do paciente e provocar a eutanásia. O termo eutanásia, proposto pelo filósofo Francis Bacon, em 1623, vem do grego, podendo ser traduzido como boa morte ou morte apropriada e teve a Holanda como o primeiro país do mundo a legalizá-la, em 2001. A eutanásia é outro equívoco. Equívoco porque parte do pressuposto de que a vida pertence à pessoa. A vida, na verdade, pertence a Deus que permite a cada um de nós usufruí-la para a nossa felicidade, não devendo ninguém abreviar a sua ou a de qualquer um, seja qual for a justificativa.

O sono profundo que necessitamos despertar é o da inconsciência daquilo que realmente somos. Acordar para a dimensão do espírito e vivermos em consonância com ela, modificando nossa forma de pensar e conseqüentemente de agir, sobretudo com os outros, sob a perspectiva da vida futura e da imortalidade que nos é inerente.

Carlos Pereira é presidente da Associação de Divulgadores do Espiritismo de Pernambuco, a ADE-PE.
Fonte:http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/reencarne/despertando-do-coma.html

Off-topic

Jessica e seu fruto Giovanna! Te amamos muito

Bom, no momento estou sem muitas palavras, ,mas com FÉ!
Minha irmã passa por um estagio critico, porém, importante para a evolução dela, um periodo de auto-conhecimento.Peço só que concentrem energias positivas, pois estou com saudades já, e respeito as atitudes de Deus, só ele sabe o que deve ser feito. seja qual for a escolha de Deus, será reaproveitado de alguma maneira para cada um de nós. Meu coração está com você minha irmã, te amo do fundo do meu coração, e saiba que estou do seu lado á cada segundo !

Sem mais,
Fábio Santos


Anúncios

Um exercício de compreensão

fevereiro 3, 2010



Minha mensagem será Criança encontrada após o desastre do Haiti
Não tenho mais saliva para falar.
Às vezes me falta a paciência,
Temos que encontrar forças para lutar.
Abrir os olhos para ver,
E não fingir enxergar.
Tocar e sentir,
E não fingir se incomodar.


Relacionamentos estão se desgastando,
Os valores morais se decepando.
Onde está a solidariedade humana,
Eu continuo procurando.
Estamos cada vez nos ocupando mais,
A cobiça está tomando conta de si.
Do que adianta construir castelos,
Sendo que a qualquer momento pode ruir.


Quando a matéria ficar abaixo de tudo,
O que sua alma irá carregar?
Quando o castelo ruir,
Quem irá lhe levantar?
Somos todos como um,
Então porque queremos ser mais que os outros?
Qual a razão de ter o melhor pedaço de concreto,
e ter uma vida vazia sem ninguém por perto?


Estender á mão aos que necessitam,
Não precisa estar com moedas de ouro.
Ajudar sem olhar a quem,
Doar palavras de conforto.
Abraçar sem ser quando ganhar presentes,
Descobrir o amor em seu real significado.
Querer compreender para não errar,
Aprender á ser solidário.


Por Fábio Santos 3/2/2010 20:06:25

Off Topic

Olá pessoal,

Hoje estou reflexivo em relação á solidariedade! Pois a cada dia percebo o quão distante está o Homem dos seus valores, não há mais a preocupação moral, e só se falam sobre coisas que não agregam nenhum beneficio para a sociedade. O mundo esta um caos, pois a natureza é a fonte de vida do ser humano desde o principio, até porque, se não fosse ela a vida não seria possível em nosso Planeta que se chama Terra, e abriga tantas iniqüidades. O que mais me impressiona, e que as pessoas estão expostas em meio a tanta coisa errada, mas fingem não ver, não vejo manifestação, sentimentos, “SOLIDARIEDADE”. Não menciono o fato de dar dinheiro (esmola), mas oferecer uma palavra de consolo, e principalmente “ATENÇÃO” a atitude mais simples e mais ignorada. E o problema se estende a qualquer classe, gênero, cor, etnia, etc. Sendo que somos todos iguais em essência, só temos características diferentes, condições diferente, mas em sumo partimos de um mesmo principio, mas com o tempo nos distanciamos para valores errôneos.

Até a próxima, e não se esqueçam @fabio_santos no Twitter.


Você é um profissional Bom, Bonzinho ou Ruim?

outubro 26, 2009

imagemTodas as manhãs, por volta das 07h50min ouço na rádio CBN o escritor e comentarista Max Gehringer em seu programa Mundo Corporativo.

São apresentados vários conselhos sobre carreiracomportamentoliderança, que no meu ponto de vista potencializam nossos conhecimentos para nos tornamos melhores profissionais.

Um comentário específico (que também está em seu livro “O melhor de Maxter-bom-humor-no-trabalho-e-fundamental Gehringer na CBN“) me chamou atenção. Gehringer classificou os funcionários em três tipos, sendo os bons, os bonzinhos e os ruins.

Ele menciona que os funcionários RUINS, cedo ou tarde são postos para fora da empresa, pois é muito evidente sua falta de produtividade. Os BONS são promovidos. Mas os BONZINHOS não deslancham apesar da sua simpatia, competência e de ser apreciado pelo chefe. Max enfatiza que o BONZINHO não é agressivo, não mostra espírito de liderança, isto é, não faz a diferença na organização.

Para quem está em dúvida se é BOM ou BONZINHO, o autor descreve cinco característica do profissional BONZINHO:

1. O BONZINHO é ouvinte, numa reunião evita dar palpite e está sempre fazendo aquele gesto positivo com a cabeça.

2. O BONZINHO concorda com tudo, principalmente com aquilo que não concorda. Sempre acha que é melhor não arrumar confusão e conversar depois, com mais calma.

3. O BONZINHO não desafia ninguém, não gosta de discórdia. Para ele o empate é o melhor resultado.

4. O BONZINHO nunca desabafa. Mesmo quando está uma arara, ele continua com aquela expressão de manequim de loja de shopping.

5. O BONZINHO detesta aparecer. Se surgir uma daquelas raras oportunidades de matar um dragão e virar o herói da empresa, o BONZINHO prefere sentar e ficar esperando o dragão morrer de velho.

Se você se identificou mais com o BOM – Legal… Mas se você se identificou com o BONZINHO – Legal também, pois talvez, você acaba de perceber que é necessário mudar.

texto-o bom e o ruimAcredito que Max Gehringer tem como objetivo conscientizar os BONZINHOS de que com estas atitudes, não conquistarão patamares mais elevados na organização, isto é, ficarão a mercê de seus gestores. O BONZINHO não tem as rédeas do sucesso profissional em suas mãos. E conhecendo estes comportamentos limitantes você poderá iniciar um processo de auto-administração, buscando comportamentos dos profissionais de sucesso, isto é, daqueles que se destacam.

Antes de entrar para a próxima reunião e ficar concordando com tudo que falam, prepare-se e estude sobre o assunto. Você estará mais confiante para contrapor outras opiniões e contribuir na busca de resultados

Da próxima vez que um desafio aparecer a sua frente, agarre a oportunidade de sobressair, lidere o projeto, encare as dificuldades, faça parcerias para desenvolvê-lo e contribua ferozmente com os objetivos da organização.
Desafiar, ousar, inovar e até mesmo contestar, são verbos utilizados pelos BONS, e com estas atitudes de um verdadeiro líder, não tenha dúvidas, que você conquistará pontos importantes para uma próxima promoção.

Fonte:
Ricardo Piovan
é palestrante e consultor organizacional. Diretor da Portal Fox, empresa especializada em consultoria organizacional, Coaching e treinamentos. Coordenador dos treinamentos Liderança Assertiva e Sprint Leade


Incertezas …

agosto 30, 2009

Se me encontrar perto de um rio
é porque estou a conversar com o meu ego
Se me encontrar em uma cachoeira
é porque estou a enfrentar meu medo
A água é transformadora
união de moléculas que mudam sua estrutura
Ela limpa, revigora e mata a nossa sede
Tamanha é a minha sede
que o oceano não é capaz de  saciar
Sede de verdades
Sede de respostas
Água gerou vida
e o humano gerou incertezas
Conseqüências de uma natureza sábia
que só o Homem não soube herdar
Assim como correm as correntezas
procurando o deleite de um rio
Temos que buscar nossas respostas
encontrar nossa certeza
Uma nascente é tão límpida
assim como a nossa própria essência
Poluímos ela no decorrer de nossas vidas
E esquecemos do real valor
Nosso principio é limpo, é bom, é ingênuo…
Não podemos nos levar pela vaidade alheia
devemos agir e seguir pelo lado correto
Pois sempre encontraremos semelhantes
Enquanto o lixo insiste em nos impregnar
impedindo de seguirmos o nosso caminho
Mostramos que temos força e debatemos os nossos medos
Não existe obstáculos que possamos passar
A água esfria nosso corpo
mas aquece a nossa alma
Ela é essencial para vida …

Por Fábio Santos

Off Topic

Olá Pessoal ! Quanto tempo não ?! Estou muito ocupado, mas pode deixar que manterei as atualizações no blog (estou me programando para isso). Assistindo milhões de filmes, a a minha nova “mania” agora são trilhas sonoras !!!
Muito obrigado pelos acessos (que mesmo sem atualizações permanecem constantes). Agora você podem me seguir no Twitter (é isso mesmo, @fabio_santos está no twitter).

Como de praxe, este texto não deve ser copiado nem alterado sem a previa do autor.